Habemus Covid-19…infelizmente!

Não pretendemos aqui esmiuçar sobre a pandemia e o vírus, nem ter qualquer ambição de futurologia, mas o certo é que está entre nós e veio para ficar, pelo menos para já. A cada dia que passa conseguimos ter uma maior e melhor noção dos seus efeitos, nas mais diversas áreas: trabalho, família e agora que o ano letivo se iniciou, nas escolas e educação. Todos precisámos criar adaptações nas nossas rotinas já tão habituais e familiares. Na sua maioria, pais e educadores encontram-se apreensivos, estará em causa o projeto educativo tal como o conhecíamos até hoje? Estará em causa a forma como se efetuam as aprendizagens à medida que o vírus ganha terreno?

Inegável é, que o momento que atravessamos se revela desagradável para todos. Há uma incerteza e medo constantes, já não vivemos com a nossa liberdade, aquela que tínhamos num passado próximo! Um dos grandes pilares da nossa existência humana é e será a socialização e esta está indiscutivelmente ameaçada. O ambiente escolar e as aulas serão também um pilar nas relações sociais, agora com uma vertente diferente e adaptada aos novos tempos pandémicos. Logicamente podemos aprender pelos meios virtuais, para muitos é uma opção consciente e necessária, o ensino à distância, mas para aqueles que optariam pelo ensino presencial, não é a mesma coisa. Falta a componente presencial e o “calor” da sala de aula, aquela dinâmica entre professores e alunos. Como se pode conseguir o equilíbrio entre ensino presencial e à distância nos ambientes virtuais? Há mais perguntas do que respostas neste contexto. Ninguém sabe responder com certezas. Aulas presenciais? Online? Uma coisa é certa, migrar as aulas do recinto escolar para o ambiente online, foi e continua a ser para alguns uma tarefa hercúlea.

Estará a escola e o nosso sistema de ensino preparado para um ensino à distância? Certo é que a crise de saúde desencadeada pelo Covid-19 está a mudar as escolas, sociedades, as relações interpessoais e talvez para sempre, quem sabe. Resta saber como todos nós e os intervenientes no sistema de ensino, pais, alunos e professores se irão adaptar ao ensino pós Covid-19 e potencialmente ao ensino à distância. Se uma certeza existe, será a de que após o novo coronavírus, a escola não voltará a ser a mesma.

 

Partilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Eu aceito Termos e Condições e Política de Privacidade

Visite a nossa loja online

Um mundo de artigos educativos, selecionados pela equipa Playnetario para as várias idades.

As nossas redes sociais

Artigos Mais Populares

As últimas novidades

Subscreva a nossa newsletter

Eu concordo com os Termos & Condições *

Veja também

Artigos Relacionados

A tecnologia resolve (quase) tudo!

Inegavelmente, Covid-19 está a mudar o ensino tal como o conhecíamos até hoje e talvez para sempre. Resta saber como todos nós nos vamos adaptar às novas e exigentes condicionantes dos dias presentes e onde o futuro nesta matéria, ainda permanece incerto, revelando-se um desafio. Será que é possível construir um espaço de sala de

Ler Mais »

Como explicar às crianças o Covid-19

Se para um adulto já é complicado compreender a situação pandémica que atravessamos, imagine para uma criança. É normal que toda esta situação provoque nas crianças medos, dúvidas e ansiedade. Revelamos algumas dicas para ajudar a esclarecer os mais pequenos sobre o novo coronavírus. Mas antes de abordar o tema, deve informar-se e controlar os

Ler Mais »

Habemus Covid-19…infelizmente!

Não pretendemos aqui esmiuçar sobre a pandemia e o vírus, nem ter qualquer ambição de futurologia, mas o certo é que está entre nós e veio para ficar, pelo menos para já. A cada dia que passa conseguimos ter uma maior e melhor noção dos seus efeitos, nas mais diversas áreas: trabalho, família e agora

Ler Mais »

Crianças e a importância dos jogos de tabuleiro.

A vida frenética quotidiana dos pais acaba por limitar o tempo útil despendido diariamente com os filhos. É importante resgatar esse tempo perdido em família. Os jogos de tabuleiro, permitem o fortalecimento das habilidades cognitivas e executivas, incentivando o desenvolvimento de laços afetivos e efetivos entre pais e filhos e são um dos clássicos divertimentos

Ler Mais »

Av. Dr. Francisco Sá Carneiro nº 12
Núcleo Empresarial de Mafra
Pavilhão E
2640-486 Mafra
Portugal

Fale connosco

Todos os campos são obrigatórios