Como explicar às crianças a Covid-19

Se para um adulto já é complicado compreender a situação pandémica que atravessamos, imagine para uma criança. É normal que toda esta situação provoque nas crianças medos, dúvidas e ansiedade. Revelamos algumas dicas para ajudar a esclarecer os mais pequenos sobre o novo coronavírus. Mas antes de abordar o tema, deve informar-se e controlar os seus receios, para que possa responder às dúvidas das crianças desmentindo possíveis boatos que eventualmente existam. Será importante abordar o tema abertamente de forma simples, clara, assertiva e ajustada à idade da criança. Ela precisa sentir-se segura e não desenvolver preocupações desnecessárias. Encorajá-la é um dos papeis dos adultos, afinal, elas confiam nos adultos da sua referência.

Comece por perguntar à criança o que sabe a respeito do Covid-19:

As crianças estão sujeitas a um bombardeamento de informação e já escutaram fragmentos de conversas e noticias nos meios de comunicação. A partir daqui, defina o rumo da conversa para a esclarecer devidamente, procurando acalmar a sua possível ansiedade e diga-lhe a verdade de forma clara e simples. Dê-lhe espaço para todas as dúvidas que possam surgir. Recursos lúdicos, como brincadeiras, podem ser excelentes aliados neste momento de diálogo. Explique-lhe por exemplo, que o novo Coronavírus é um vírus novo, semelhante a uma gripe mas que demora a passar e que cientistas em todo o mundo pesquisam para encontrar a melhor cura. Este vírus, espalha-se rapidamente pelas pessoas através de pequenas gotículas, que são libertadas quando falamos, espirramos, tossimos e respiramos. Estas vão cair nos objetos e superfícies destes, quando lhes tocamos e não lavamos as mãos, caímos nos risco de apanhar o vírus.

A criança, um super-herói da prevenção:

Os cientistas procuram uma cura e a nós cabe-nos o papel de super-heróis na prevenção. Vale enfatizar que a melhor forma de prevenir a doença é lavar muito bem as mãos, por exemplo: durante 20 segundos no mínimo, ou o tempo de cantar os parabéns. Tossir e espirrar para o cotovelo ou para o lenço de papel que deve ser imediatamente colocado no lixo, as mãos devem ser lavadas em seguida e estas não devem ser levadas à cara muitas vezes. Beijinhos e abracinhos devem ser evitados e apenas dados à família em casa, porque o vírus entra no nosso corpo, pelo nariz, olhos e boca. Com estes cuidados será mais difícil a entrada do vírus no nosso corpo, ficar doentes ou passá-lo a outros. Explique-lhe por exemplo, que se deve proteger a si e pode proteger os outros também, ser um super-herói e ajudar a combater este vírus.

Ficar em casa…

Finalmente, ficar em casa, longe da escola, amigos ou das brincadeiras pode ser aborrecido e levar a que os pequenos fiquem tristes, mas pode ser a oportunidade para grande diversão em casa, em família e fazer coisas novas igualmente divertidas e que não costumavam fazer. As videochamadas com familiares e amigos, podem ser meios de comunicação bem divertidos. Transmita uma atitude positiva, porque não vamos ficar em casa para sempre. Vamos ajudar a combater este vírus, através da adoção de rotinas muito importantes: a prevenção, passos práticos para as ajudar a ter algum controlo sobre a situação. 

Estas são apenas algumas sugestões para um diálogo com responsabilidade. Não esqueça de praticar o que diz, o exemplo é importante para a criança e é uma das melhores formas de ensinar.

 Apesar das preocupações dos adultos, nesta fase pandémica, as crianças apenas querem continuar a ser elas mesmas, crianças!


Partilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Eu aceito Termos e Condições e Política de Privacidade

Visite a nossa loja online

Um mundo de artigos educativos, selecionados pela equipa Playnetario para as várias idades.

As nossas redes sociais

Artigos Mais Populares

As últimas novidades

Subscreva a nossa newsletter

Eu concordo com os Termos & Condições *

Veja também

Artigos Relacionados

Portas da escola fechadas…Livros abertos!

Neste momento as aulas estão suspensas. Atravessamos o Confinamento, Parte II. As crianças não podem sair para brincar ou estar com os seus colegas e amigos. E agora? O que fazer com tanta energia acumulada? Os recursos lúdicos podem ser um valiosa opção nesta fase. Estamos quase todos em casa, os pais podem aproveitar para

Ler Mais »

Covid-19, o Confinamento, Parte II

A menos de um ano, estamos perante um novo confinamento geral, próximo da experiência vivida em 2020. Um verdadeiro novo teste à nossa resiliência. Se numa primeira fase, a esperança de que tudo brevemente passaria e que “Tudo iria ficar bem”, deu origem a um verdadeiro movimento de união, nesta segunda fase, o cenário apresenta-se

Ler Mais »

Brinquedos infantis sustentáveis e didáticos

É fundamental, quase urgente sensibilizar os mais novos para a preservação ambiental e do planeta. A brincar também se pode ser sustentável. Como? Simples, escolhendo os brinquedos certos e mais amigos do ambiente. Para ajudar a um Natal mais sustentável, selecionámos um conjunto de sugestões de brinquedos, para um Natal criativo, mas também mais amigo

Ler Mais »

A importância da leitura para a educação infantil.

As crianças adoram contos na hora de adormecer, o que certamente já fará parte da rotina de muitas famílias. Incentivar a leitura desde cedo, oferece às crianças a oportunidade de contactar com diversos estímulos, ajudando-a a compreender o mundo à sua volta e a crescer nele. As habilidades e competências adquiridas na infância através do

Ler Mais »

Av. Dr. Francisco Sá Carneiro nº 12
Núcleo Empresarial de Mafra
Pavilhão E
2640-486 Mafra
Portugal

Fale connosco

Todos os campos são obrigatórios